Ginecomastia: mama masculina

GINECOMASTIA: é o aumento excessivo da mama masculina.

Esse aumento (ginecomastia) pode ser causado naturalmente por:

  • acúmulo de gordura;
  • desiquilíbrio hormonal entre estrógenos (estimulantes do tecido mamário);
  • e andrógenos (inibidores), ou idiopáticas (sem causa certa ou conhecida).

O problema pode estar vinculado a outras causas como:

  • decorrência da prática de atividades físicas após uso de anabolizantes;
  • obesidade;
  • neoplasias;
  • doença sistêmica;
  • medicações;
  • álcool;
  • e drogas como maconha, heroína e anfetamina.

O primeiro requisito para a realização da cirurgia é conhecer a causa do problema.

É preciso descartar quaisquer causas endócrinas ou associação com doenças.

Além disso, a mama precisa estar estável, ou seja, não está nem avançado nem regredindo o desenvolvimento da ginecomastia.

As duas principais técnicas cirúrgicas para ginecomastia podem ser usadas de maneira separada ou mesmo combinadas:

Lipoaspiração (retirada de gordura) e Adenectomia (retirada da glândula mamária).

Nos pacientes com excesso de pele, pode ser necessária também a ressecção deste excedente.

Essa cirurgia melhora não só a aparência do peitoral do homem como também sua autoestima.

Muitos pacientes de ginecomastia não tiram a camisa, com vergonha do aspecto feminino do peitoral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

whats