O CIGARRO E A CIRURGIA PLÁSTICA

O cigarro é inimigo dos pulmões e da beleza porque deixa dentes amarelados e influencia no envelhecimento precoce da pele.
Quanto às cirurgias plásticas, a nicotina pode provocar a contração dos vasos sanguíneos e causar a necrose (morte do tecido).

Além disso, o cigarro deixa o paciente mais vulnerável a infecções.
A produção excessiva de muco, pode atrapalhar a oxigenação durante a anestesia. E a tosse frequente na recuperação pode causar sangramento e hematomas.
A cicatrização pode ficar prejudicada e aumenta o risco de trombose devido o uso de cigarro.
Assim, se você é fumante e gostaria de fazer uma cirurgia plástica, o ideal seria a suspensão do cigarro por pelo menos 3 meses antes e 30 dias depois do procedimento.
Vai aí um conselho, ficando 90 dias sem fumar, seu organismo se acostumará e quem sabe, você não decide parar com esse hábito e ter uma vida mais saudável??!!! Bora tentar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

whats